31 de janeiro de 2018

Capítulo 8 - Caçadores

Capítulo 8: Caçadores





Oasis Springs


Enrico e Rowena estavam indo à parada de ônibus para irem ao trabalho. O carro de Enrico havia quebrado e Rowena havia passado a noite na casa dele.





— Aff! E esse ônibus que não chega! Se você não estivesse demorado tanto fazendo a barba, já estaríamos aqui há tempos! – diz Rowena impaciente.
— Ainda está cedo. E pare de reclamar! Não chegaremos atrasados e hoje é nosso último dia antes de nossas férias. – Disse Enrico tranquilo.
— Não quero ser mal avaliada pelo chefe. Você sabe muito bem que quero ser detetive! E se seu carro não estivesse quebrado, nós estaríamos no trabalho a mais de uma hora.
— Rowena, eu sei que você quer. Ok? Não culpe o meu carro! E se você aceitasse morar comigo, poderíamos nos organizar e termos um carro melhor.


— Olhe ali do outro lado da rua, duas moças parecidas, parecem gêmeas.


— Como sabe se nem dá para ver o rosto delas? Ei! Me lembrou do nosso primeiro encontro na sorveteria, as meninas gêmeas que estavam lá. Sabe, faz bastante tempo que estamos juntos, já passou da hora de você morar comigo! Podemos nos casar e...
— Enrico, olha lá! O ônibus está chegando, finalmente!


Ela sempre muda de assunto quando eu falo em casamento. Às vezes acho que ela não gosta mais de mim como antes.”, Enrico ponderava.

“Poxa! Vou conseguir esta vaga! Aí, sim, poderei pensar em casamento. Antes disso, não dá! Enrico força às vezes.”, Rowena pensava enquanto entrava no ônibus.




Em algum lugar de New Crest, um grupo de sims caçadores se reunia para tratar sobre algo muito importante que vem acontecendo ao longo dos anos: “o desaparecimento de sims”.



— Olá a todos, sejam bem-vindos e acredito que saibam por que todos estão aqui. – Disse Tom, o sim ruivo. Ele é o líder do grupo e estava muito preocupado com o assunto do desaparecimento de sims que ocorria há anos. Mas não tinham encontrado nenhuma solução viável.



— Olá, senhor e colegas. Sugiro que tenhamos novas ideias, além de materiais mais modernos para o nosso trabalho. Como já faz mais de dez anos e nada foi resolvido, para mim essa seria a solução! – Sugeriu Silmara, a nerd do grupo.



— Pois para mim, precisamos recrutar mais pessoas para nos ajudar com o nosso trabalho. – diz Flávia, a moça mais forte do grupo.



— O meu primo é caçador. Na verdade, ele foi caçador com meu tio e agora ele trabalha na polícia, mas creio eu que, se eu o chamar, ele pode nos dar uma força por aqui, pois ele pode nos ajudar a esconder os monstros, para que as autoridades não nos atrapalhem. – sugere Felícia, a caçadora mais corajosa e inteligente do grupo. Felícia era jovem, mas era muito experiente. Ela foi criada no meio de caçadores, seus pais eram caçadores muito respeitados que, desde muito pequena, a treinaram para ser a melhor caçadora que o mundo sim teve.



— Acho que não é uma boa idéia, Felícia. Ele é da polícia e sabemos que policiais não sabem da existência de seres sobrenaturais e pode ser um empecilho, e não uma ajuda – Disse Leonel, o caçador braço direito de Tom e que tem uma quedinha por Felícia.
“Aff! Lá vem esse idiota se meter nas minhas ideias. O que ele quer? Se aparecer para o líder? Ele devia é cortar esse cabelo de mauricinho e parar de me perturbar, como sempre faz.”, pensa Felícia, furiosa com o que Leonel disse.



— Ótimo! Todas as sugestões são boas! Vou pensar a respeito e peço que elaborem suas idéias para a próxima reunião.  E você, Felícia, chame seu primo e traga-o aqui. Quero conversar com ele antes de tudo. – Respondeu Tom, feliz e esperançoso com as ideias ouvidas na reunião.



Enquanto todos saiam, Felícia ligou para Enrico.



— Alô, Enrico? E aí? Sou eu, a Felícia. Quero te pedir um favor.

Acertaram que Felícia ia direto à casa dele. Ela iria pessoalmente, sem que os outros caçadores soubessem. Ela gostaria de fazer uma surpresa à equipe e ser bem vista por todos, principalmente por Leonel.




Oasis Springs


Passadas algumas horas, Felícia chegou a Oasis Springs, mais exatamente, na casa de Enrico. Ele morava sozinho e vivia uma vida simples, apenas trabalhando como policial.



 “Ah! Espero que ele não recuse a caçada! Eu só disse que precisava dos serviços de segurança para um evento.”



“Bom, pelo endereço, é aqui que o Enrico mora. Mal posso esperar para trabalhar ao lado dele.”, pensou Felícia. A caçadora era um pouco mais velha que o primo, e quando eram crianças, gostavam de brincar de lutas. Embora Enrico sempre apanhasse dela, Felícia sabia que ele a deixava ganhar, por ser cavalheiro. Ela confiava na força e senso de justiça ele.
Felícia bateu na porta e logo foi atendida por Enrico.



— E aí, primo? Mas olha só pra você! Como cresceu! Tem até músculos! Quando pequeno era tão magricelo. O que anda comendo? – disse Felícia, mostrando alegria para convencê-lo mais facilmente a lutar ao lado dela, além de realmente estar feliz por rever o primo.



— Olha quem tá falando: a magricela do bairro também cresceu. Vem, Felícia, entra que já estou terminando de me aprontar para o trabalho de segurança.
— Nem se dê ao trabalho de se aprontar. É o seguinte, eu vou direto ao assunto e sem enrolação. Você, como policial, sabe mais do que ninguém que já faz mais de dez anos que anda tendo desaparecimentos. Os caçadores acreditam que foram os vampiros que estão fazendo isso. Sabemos que alguns são os ditos “vegetarianos” e que estão de acordo conosco em não caçar sims humanos, senão nós mesmos os matamos, mas tem os outros ainda. Bom, já faz tantos anos nesta luta, que precisamos de reforços. Enrico, você é forte e tem o dom de caçador em seu plasma. Você é essencial para nos ajudar nesta guerra.



— Opa! Então você mentiu pra mim? Ok. Vou ignorar esse detalhe, mas, Felícia, faz anos que eu não caço e nem sei mais como se faz. Despreparo total.



— Mas Enrico, você é policial e sabe prender, não? E outra: ser caçador é como andar de bicicleta, nunca mais esquece. E ainda nossa família Belaventura é de caçadores, isto é de gerações, está no meu plasma! Não deve fugir de seu destino.



— Aff! Está bem! Eu te ajudo, mas é só por uns dias! Você me pegou numa época boa, pois estou de férias e posso te ajudar. Ah, mas não conte a minha namorada Rowena. Ela não acredita em seres sobrenaturais. Vou avisá-la que passarei uns dias na sua casa para segurança de um “evento”.
— Ok! Você é demais! Sabia que não iria decepcionar.



Andaram toda a madrugada nos trechos mais procurados pelos vampiros, enquanto Felícia repassava informações ao seu primo, de como se pegar uma daquelas criaturas. Faltavam poucos minutos para o amanhecer quando se depararam com uma vampira, que não pensou duas vezes em atacá-los.



— Parece que essas aberrações sentem que somos caçadores. – Disse Enrico muito irritado ao ver a vampira.
— Tá aí sua chance! Vai Enrico, acaba com a raça dessa sanguessuga! – Disse Felícia, incentivando o primo.



Enrico partiu para cima da vampira.



Eles se enfrentaram em uma luta, mas o jovem há muito tempo não treinava, e os seres sobrenaturais eram muito mais fortes que humanos. Enrico acabou perdendo.



Ao ver o seu primo perder, ela pensou: “Poxa! Enrico precisa de treinamento imediatamente”.





A vampira só não o matou porque Felícia interviu, fazendo com que a morena sumisse como névoa.



Enrico estava abismado com a força de sua prima. Sabia que ela era corajosa, mas não sabia que era tão forte aponto de derrotar um vampiro sozinha.


— É melhor você voltar para casa, Enrico.
— De jeito nenhum! Agora mesmo que vou acabar com esses vampiros!
— Pô, Enrico! Você ainda continua se segurando pra não bater em mulher! Você não pode se conter! Ela é perigosa, não pode ter pena! – Felícia chamou a atenção dele.


— Ah, fica quieta e vamos embora logo! – Enrico desviou do assunto.




Em Forgotten Hollow

Um casal de adolescentes caminhava pela pequena cidade. Era madrugada, mas isso não os impedia de passear sozinhos.



— Acho que não foi uma boa idéia virmos pra cá, Duncan. – Disse Dalila com medo do lugar desconhecido.



— Relaxe, gatinha! Tu tá comigo, e é isso que importa! Eu te protejo. – respondeu Duncan confiante. – Que tal tirarmos umas fotos e continuarmos a dar uma volta? Depois podemos sentar e nos curtir.






A garota concordou e ambos tiram umas fotos antes de continuar com o passeio.



— Olha euzinho aqui! Sou bem forte e te protejo, minha guria. – Disse Duncan para a namorada.



— Tu é o melhor namorado, com certeza. – Respondeu Dalila.



Depois de um tempo caminhando, os dois decidem se sentar em um dos bancos da praça principal.



De repente, surgiu alguém logo atrás deles e começou a observá-los. E depois se materializa na frente deles, sem aos menos os adolescentes perceberem como ocorreu.



— Olá crianças! Hoje é o seu dia de sorte! Acabam de ganhar um presente de mim e vocês serão eternamente gratos por isso. – Disse a estranha mulher.
— Cara, que presente? Como assim? Que make é essa, hein, moça? Está tendo alguma festa de Halloween por aqui e não estamos sabendo? – Perguntou Duncan.



— Presente? Eu quero! – Respondeu Dalila inocentemente.



— HAHAHAHA! Claro que tem! Aceitem o que eu lhes ofereço e vocês serão mais poderosos e respeitados do que nunca foram! – Respondeu a mulher com uma risada maligna.
— Ok, pode mandar. Afinal, terminando a noite com presente, será demais. – Disse Duncan.
— Primeiro é a loirinha, aí. Venha aqui, docinho. – Disse a mulher para a Dalila.



Dalila se levantou e logo foi hipnotizada pela mulher, que nada mais era que uma vampira.



— Caraca! Que tu tá fazendo com a minha namo? Para com isso? – Exigiu Duncan com medo.
— Calma aí que já, já é sua vez. – Disse a vampira.

— Agora, beba a minha essência e se tornará poderosa como eu!



— Hã?!! Ok! – Respondeu Dalila meio atordoada depois de ter sido mordida.



— Eca, cara! Que nojento. Mas se a Dalila fez, eu também faço. Quero ser poderoso também. – diz Duncan.
— Vem cá, guri. Sua vez. Sinta o poder! – Disse a vampira.



— Tá doendo muito aqui, parece que comi algo podre. O que tá acontecendo? – perguntou Duncan.
— O que vai acontecer com a gente? – Questiona Dalila.



— Agora? Agora vocês morrem! – Respondeu a vampira.



Forgotten Hollow



Passa-se duas semanas de treinamento de Enrico com Felícia. A caçadora ainda não tinha avisado ao líder que já tinha levado Enrico a uma caçada, pois queria, primeiramente, que seu primo estivesse bem preparado para caçar oficialmente. Felícia decidiu levar Enrico para caçar algum vampiro desobediente em Forgotten Hollow.
A vampira também estivera preparando os adolescentes, e tinha chegado o momento para o treino prático.



— Agora que a transformação foi concluída, está na hora de vocês começarem a caçar. E hoje será o primeiro dia de vocês! – diz a vampira aos adolescentes.
— Sra. Lavínia, como poderemos caçar se nunca fizemos antes? – Perguntou Dalila para a vampira Lavínia.



— Lembram o que eu disse? A vida humana de vocês morreu e agora vocês são vampiros e, sendo assim, são poderosos. E seus instintos os ajudarão na caça. – Respondeu Lavínia olhando para os jovens e apontou para mais a frente – Olhem adiante. Tem três humanos ali. Sentem o cheiro? É delicioso! Vão! Tem um para cada um de nós!



E se dá o ataque. Era quase instintivo para Dalila e Duncan



Há alguns metros dali, acabavam de chegar Enrico e Felícia, e olhavam em direção aos vampiros.
— Enrico, olhe! Um ataque de vampiros!
— Você pega aqueles guris ali, enquanto eu fico com a mais velha.
— Entendido!



— Droga! Ela fugiu! Ah! Mas eu vou atrás dela! – diz Enrico.



Felícia lança em spray uma mistura de alho com alguns ingredientes, os vampiros recém-criados tentam fugir, mas ficam zonzos e Felícia consegue amarrá-los. Com a pequena luta, ela acaba rasgando a sua blusa, mas por sorte estava com sua mochila e conseguiu trocar de roupa ali mesmo. Em seguida, ela chamou reforços pelo celular.



— Alô, Tom? Sou eu, Felícia. Acabei de capturar dois recém-criados. E ainda por cima são adolescentes. Eram três, mas a mulher fugiu e o meu primo foi atrás dela... Sim, ele veio caçar comigo. Peço que mande reforços para levar esses vampiros para a prisão. – Explicava Felícia às perguntas de Tom.



Há alguns metros de onde estava Felícia, Enrico tentava encontrar Lavínia. Ele estava furioso por não estar com alguma arma que servisse para capturar a vampira, somente alguns alhos que a prima havia lhe dado.
— Onde você se escondeu, aberração? Apareça! Ou está com medinho? – disse Enrico tentando provocar a vampira.



“Hum..., acha que sou uma aberração? Pois vou te mostrar quem é aberração!”, pensou Lavínia irritada com a ofensa que tinha acabado de ouvir. “Agora você dormirá!”

Lavínia resolveu usar um de seus poderes mais fortes, chamado “sono irresistível” que faz a vítima desmaiar de sono.

Quando Enrico foi afetado, acabou caindo em um sono profundo.

— Fala agora! Me chame de aberração! – falou Lavínia para Enrico, como se ele pudesse respondê-la. – mas olha só, até que você é bem bonito, hein?! Eu poderia te transformar no meu décimo sexto marido com muito prazer, HAHAHA.

— Olha só o jeito que você caiu. Hahaha. É patético! Vou te levar para meu calabouço para você aprender umas boas maneiras, mocinho!



Em New Crest




— Fez um ótimo trabalho em capturar esses recém-criados. Pobres das famílias que estão à procura deles. – disse Tom enquanto olhavam os adolescentes pelas grades.





– Porém, agiu de uma forma muito irresponsável ao trazer seu primo e nem me avisar! – Continuou Tom.



— Pois é. Eu queria fazer uma surpresa, mas deu tudo errado e agora meu primo está com aquela vampira, — disse Felícia se sentindo culpada – mas eu vou atrás dela, nem que seja a ultima coisa que eu faça na vida.
— Nada disso! Não vai agir sozinha, vai levar Leonel e... – Tom ordena, mas é interrompido por Felícia.



— Ah! Mas nem pensar. Eu não vou levar aquele insuportável do Leonel.  Ele vive se intrometendo em tudo que eu falo!



—Ele gosta de você e quer o seu bem, você deveria dar uma chance a ele. O rapaz é bom e vai te ajudar. Vocês trabalharão juntos, sim, e vão trazer Enrico de volta! – exigiu Tom – Isso é uma ordem! Tragam Enrico e a vampira. Assim que vocês chegarem, eu avisarei ao conselho que levam os vampiros e não direi sobre o que você fez, pois podemos levar de uma bela de uma advertência. E além disso, você poderá perder seu cargo de caçadora.



Felícia não gostou da ordem, mas acabou aceitando o que o líder disse, pois sabia que as consequências eram reais.



Felícia foi até o banheiro se arrumar e fala pra si mesma:



— Poxa, Felícia! O que você fez! Tirou seu primo do conforto de sua casa para ser capturado por uma vampira! Me perdoa, Enrico. Aguenta firme, eu vou te salvar.



Depois, Felícia se dirigiu à cozinha para lanchar e encontrou Silmara. Enquando as duas comem sanduíches de queijo grelhado, conversam sobre os acontecimentos recentes.



Para a raiva de Felícia, logo chegou Leonel. Ele se sentou ao seu lado e puxou assunto.



— Tom me disse o que aconteceu, espero que Enrico esteja bem. Eu vou te ajudar nessa barra que você está passando, com certeza. E vamos trazer seu primo de volta. – disse Leonel, tentando alegrar Felícia.



 “Até que não é apenas mais um idiota. Tem sentimentos com os outros. E reparando bem, até que é... interessante e atraente. Aff! Isso é hora de reparar nesse traste? Ele é feio e deu!”, pensou Felícia, olhando para Leonel.



— Leon, quer um sanduíche? Eu faço para você! – ofereceu Samara.
— Não, obrigado, eu acabei de comer. Acho melhor já irmos, né, Felícia? – diz Leonel.
Eles já estavam chegando à porta quando Samara os chamou para dar um aviso, antes de eles irem embora.



— Não se esqueçam de deixar os celulares bem ligados para podermos rastrear vocês! E cuidem-se. – Alertou Samara



Da porta, Leonel e Felícia agradeceram pelo cuidado e lembrança, pois Leonel já estava pensando em onde levaria Felícia para um encontro, pois estava convicto que logo libertariam Enrico.
Ele tinha que aproveitar a chance, pois foi a primeira vez que ela tinha lhe dado atenção, apesar de ele já ter deixado claro que tinha interesse nela.



— Felícia, espera..., antes de sairmos, eu queria te falar uma coisa. Sabe, depois que nós trazermos o Enrico, eu e você poderíamos sair algum dia para tomar alguns drinques?



— Bom, eu acho que não é uma boa hora para conversarmos sobre isso. Depois a gente vê, ok?
— Claro.
Ai menos ele tentou. E não pretendia desistir.




Em algum lugar de Forgotten Hollow




— Acorda, Bela Adormecida! Já dormiu o bastante! – Lavínia chamou Enrico da grade.



Enrico acordou imediatamente e deu um pulo da cama.



— Onde estou? Que fedor de sanguessuga é esse? – Enrico estranhou o local.



— Ah, é você! Abominação! – diz Enrico ao ver Lavínia.



— Olha como fala, rapaz. Eu vou entrar ai e te mostrar boas maneiras.



Lavínia entra e Enrico fica mais furioso ainda.



— Você é mais pavorosa de perto, credo! Saia daqui. Aliás, me tira daqui! – Enrico exigiu.
— Não vou te tirar! Sua amiguinha levou meus bebês e você pode ir embora quando ela devolver eles pra mim. Aliás, estou mudando de ideia! Vou te tornar meu décimo sexto marido. Você é insolente, mas é lindo e cheira a masculinidade pura! – Continuou Lavínia.



— Sai fora! Eu recuso uma aberração feiosa como você! – disse Enrico, revoltado.



— O quê? Feiosa?!! Eu sou belíssima! – Lavínia repensa a situação – Ah, sim! É que estou na forma sombria ainda. Hahaha!





“O que esse monstro está fazendo?”, pergunta Enrico, mentalmente, a si mesmo quando vê a vampira girando no ar.



— Pronto. Olhe meu rosto agora. Eu sou linda!



“E não é que a vampira é bonita mesmo! Odeio vampiros, mas não sou cego.”, Enrico reconhece.
— Olha aqui. Você até pode ser bonita, mas não é meu tipo! Não gosto de sanguessugas e, aliás, tenho namorada!
— Ah! Então confessa que eu sou linda?



— Isso não vem ao acaso. Me liberta agora, senão eu acabo com você! – disse Enrico enquanto se sentava na cama. Ele ainda sentia os músculos fracos por algum motivo e não conseguia se manter de pé, apesar da bravata de que iria acabar com Lavínia.
— Por que me odeia? Eu não te fiz nada, não te machuquei, não bebi de você! Eu podia já ter te matado, sabia? Força e vontade que não me faltam.
— Eu juro que vou dar um jeito de...



— CALE-SE! CANSEI-ME DE SEUS CHOROS! VOCÊ VAI SE CURVAR DIANTE DE MIM! – Lavínia grita.
— Prefiro morrer.
— Vamos ver o que vem primeiro!



Lavínia usou mais um de seus poderes, o “fascínio vampírico”. Ela lança uma fumaça rosa que no qual o humano irá inspirar e ficará totalmente encantado por Lavínia.



Enrico tenta trancar a respiração, mas era tarde de mais. Estava enfeitiçado por Lavínia.



Ela aproveita e o beija.



Continua...



10 comentários:

  1. Que capítulo!!! Vamos lá:
    1- ihhh rapaz, Rowena se esquivando de casamento, sai dessa Enrico kkkkk
    2- Adorei o grupo de caçadores! Ameeei a Felícia. E o Enrico primo dela? :O
    3- Parece que alguém anda um pouco enferrujado e sem coragem para Vampiras, espero que ele treine em breve haha
    4- Essa Lavínia é perigosérrima! Klaus adoraria conhece-la tenho certeza.
    5- Enrico preso, coitado kkkkk é muito azar pra um dia só.
    6- Lavínia poderosa e charmosa, foi pra cima com tudo hahaha.
    7- EU ADOREI OS GIFS, e achei as imagens perfeitas pra cada diálogo.
    8- MAL POSSO ESPERAR PRO PROXIMO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Vic!!!
      1. hahaha Ela mudando de assunto kkk
      2. Que bom que gostou dos caçadores :D Sim, eles são primos
      3. E irá treinar, se não será sequestrado de novo kkkk
      4. Eita
      5. Ele é azarado ele
      6. Ela não perdeu tempo kkkkk
      7. Que bom que gostou :D
      8. Em breve!

      Obrigada por ler e comentar!!! bjs!

      Excluir
  2. 1- Enrico ta muito enferrujado mesmo
    2- vampiranha na area

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá mesmo, ele precisa treinar! :D
      Vampiranha hahhahah
      obrigada por ler :D

      Excluir
  3. Obaaaaaaaaaa!!! Capítulo novoooo!!! \o/
    Comentando: :D

    1. Nossa, achei Rowena tão impaciente no tratar com Enrico! O.o E ele pede para ela morar com ele, mas ela realmente desconversa. Rowena não gosta mais do Enrico? Terá ela se apaixonado por outro ou apenas perdeu o encanto? Ou será que ela apenas não quer dar o próximo passo nesse relacionamento dos dois? Muitas perguntas e já estou louca para ver mais! :) Ah! Amei ver as gêmeas ali do outro lado da rua! :D

    2. Ameiiiiiiiiiii a reunião dos Caçadores!!! Ameiiiiiiii a sala onde eles estão. :D Até o detalhe dos alhos!!! Aaaaaaaamo essa preocupação com os detalhes! :) S2

    3. Que lindas a Silmara (nerd do grupo), a Flávia (a mais forte) e a Felícia!!! Ter um caçador policial no grupo é realmente muito bom! Ela é esperta mesmo! Já gostei dela (da Felícia)! :)

    4. Como assim não é uma boa ideia, Leonel? Se tu continuar assim, a Felícia nunca vai te olhar, cabeçudo! Hunf! xD :D Vai “cortar esse cabelo de mauricinho!”. Kkkkkkkkkkkk... Ri demaaaaaaais com esse pensamento dela! xD :D

    5. Achei muito legal que Tom gostou da ideia da Felícia! É isso aêeeee, moço!!! :D

    6. Ameiiiiiiiiii a casa de Enrico (fiquei curiosa para ver por dentro também; olha eu querendo invadir a privacidade do lar do rapaz! xD )! S2 E achei tão lindo saber mais sobre como era o relacionamento deles como primos! Então ele era um cavalheiro? Mas tenho certeza de que é ainda! :)

    7. Adorei que ele topou ajudar a prima! E, gente, foram atacados!!! Ainda bem que Felícia estava por perto! Enrico precisa se preparar, gente!!! Fiquei preocupada com ele! O.o

    8. Mas olha onde o Duncan leva a namorada Dalila, gentein!!! Ri dele se achando o fortão capaz de protegê-la! Rs... Mas ri mais ainda com ele perguntando pra vampirona: “que make é essa, hein, moça?”. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... AMEIIIIIIIIIII!!! :D E a Dalila? “Presente? Eu quero.”. Huhauhuhauhahuhau... Ficou muito legal essa cena!!! :D Fiquei com um pouquinho de pena do casal, mas eles foram MUITO inconsequentes de aceitarem algo de uma estranha tãoooo esquisitona!

    9. Genteeeeeeeee, que cena demais da confusão com os vampiros!!! E como assim??? A Lavínia pegou o Enrico?!! Noooossa, esse capítulo está emocionante!!! Mas esse acontecimento mostrou que duas semanas de treino não foram o suficiente para Enrico ser capaz de se virar sozinho.

    10. Que bom que os Caçadores pegaram os dois adolescentes! Mas eles ainda têm salvação (poderão se tornar Sims normais novamente?) ou terão que ser destruídos porque são vampiros? E ri muito com o Tom colocando o Leonel para trabalhar com a Felícia! xD :D E olha ela já começando a notar o rapaz! Kkkkkkkkkkkk... Esses dois vão acabar juntos! Rs... :D pelo menos ninguém pode dizer que Leonel não tá lutando por ela! Adorei que ele a convidou para um encontro! :)

    11. Lavínia caidinha pelo Enrico! Será que ela já conheceu o Harry? xD :D Aaaaaaaah, preciso comentar isso: ameiiiiiiiiiiiiii os gifs!!! Maravilindooooos!!! :D S2

    12. “E não é que a vampira é bonita mesmo! Odeio vampiros, mas não sou cego.” (by Enrico). Cara, ela é muito lindona mesmo!!! E, eitaaaaaaaaaaaa!!! Agora Enrico não tem escapatória!!! Vai mesmo acabar se tornando mais um marido da vampirona!!! Como será que Felícia e Leonel descobrirão o local onde ele está aprisionado? Será que eles o salvarão a tempo? Estou mega curiosa para saber mais!!!

    Mah, parabéns por mais um capítulo maravilhoso!!!
    Agora fico aqui na ansiedade para ver a continuação!!!
    Você arrasou demais, viu!!! AMEIIIIIIIIIIIII!!! :D S2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sally!! :D
      Respondendo..
      1. Ela está estranha mesmo, mas tem os motivos dela que serão mostrados nos próximos capítulos. Simm as gêmeas ali bem pertinho kkk :D
      2. Que bom que gostou, eu não sou boa em decoração kkkk. simm eles precisam das tranças, coroas e guirlandas de alho para manterem os vampiros longe :D
      3. As caçadoras :D Felícia precisa de alguém confiável e Enrico é e ainda é da família :D
      4. Leonel achou que ela pudesse estar errada. Cabelo de mauricinho foi engraçado mesmo, mas esse cabelo é lindo né. Ela só disse pq estava brava kkk
      5. Chefe viu que a ideia de Felicia era boa :D
      6. A casa dele por dentro irá aparecer sim :D e é bem familiar e aconchegante. Simm ele continua um cavalheiro :D
      7. Ele precisa realmente se preparar e Felícia irá ajudar :D
      8. Os dois foram bem irresponsáveis em irem justamente em Forgotten Hollow, sozinhos e ainda bem tarde. Simm, eles são meio sem noção e aceitaram algo de uma estranha esquisita kkkk
      9. Lavínia ficou brava por ter sido chamada de aberração, o que afetou o ego dela por ela se achar linda e maravilhosa. Então ela o atacou, mas viu que ele era lindo e o sequestrou para marido kkkkk
      10. Suas dúvidas serão respondidas no próximo capítulo, hihi (dei uma de Agnes agora kkkk). Felícia terá que aturar Leonel, coitado, será que ela vai tratá-lo bem? kkk
      11. Tá caidinha mesmo! Ela não conhece o Harry, mas talvez o conheça, ai ai!! vai agarrá-lo como Suzana o fez no capítulo 2 hihi (olha eu Agnes de novo kkk). Que bom que gostou dos gifs :D
      12. Será?? kkkkk

      Obrigada por ler e comentar.. Fico muito feliz com isso :D

      Ass.: Malú :D

      Excluir
  4. Oiiiie comentando atrasada xD
    Mah amei a capa, tá muito engraçada a cada dela xD
    Felicia lindonaaa
    Senti treta com a história do casório hein, seria Roweena aquela que não se amarra em ninguém?
    Adorei a reunião <3
    KKKKK Leonel tem que aprender que não é assim que se conquista uma mulher, ainda mais uma caçadora :D
    Esse Enrico kkkk, se tivesse treinado antes não tinha sido sequestrado xD
    Adolescente é tudo burro mds kkkk
    E a Lavínia hein? Vampirona perigooooosa :O
    E minha gente...ela ta querendo o Enricão kkkkkk ele achou que ia se esquivar dos olhos hipnotizantes dela? Já era kkk
    OMG será que ele vai se livrar dessa hein?? Quero só ver...
    Capítulo muuuuito legal Mah adorei <3
    Beijooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee!!!
      Obaaa!!
      Sem problemas <3
      Felícia apavorada kkkkk
      Lindona e forte :D
      Será um tipo de Luke na versão feminina???
      Que bom que você adorou!
      Ele tá caidinho por ela, tadinho :D
      Não sei quem é mais tonto! Enrico ou Felícia kkkk
      Tudo burro mesmo!!! hahaha
      Lavinia rainha perigosa <3
      Já era, Enrico enfeitiçado pela vampirona!!
      Haha

      obrigada pela leitura e agradeço que tenha gostado!! bjusss

      Excluir
  5. UAUUUUUUUUUUUU!!!!!

    1- Pra começar, Felicia!
    2- Que chato essa situação de Enrico e Rowena. Ele quer dar o próoximo passo e ela prefere focar no serviço!
    3- Felicia não tá pra brincadeira, hein? Adorei o estilo dela toda confiante e poderosa!
    4- Enrico apanhando foi engraçado kkkkkkkk Tá precisando praticar.
    5- Coitado dos adolescentes que viraram vampiros! :( Espero que eles consigam se adaptar a nova vida.
    6- Lavinia caidinha pelo Enrico kkkkkkkkkkk Os dois são lindos e combinam, mas ela hipnotizar ele foi golpe baixo!

    Amei, Mah. Parabéns pelo capítulo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiieeee Luke <3
      1. Felícia é demais :D
      2. Simm, é complicado isso.. talvez eles se entendam nos próximos capítulos :D
      3. :D simmm :D
      4. Muito engraçado ele apanhando e as caretas também que os sims fazem são hilárias haha
      5. Coitados mas foram bem burros em aceitar algo de uma estranha :)
      6. Lavinia quer um marido e não resistiu ao Enricão haha.. Foi golpe baixo mesmo :D

      Obrigada pela leitura e pelo seu comentário!! ele é muito importante pra mim <3

      Excluir